• R. Marquês Amorim, 356-B, Boa Vista - Recife/PE

  • (81) 3797.9797 / (81) 3129.8991

  • (81) 9.8135-1563

  • educacao@interneduca.com.br

Homenagem ao Dia Nacional do Livro, que será comemorado no próximo dia 29 (domingo)

----00000Especial-objetivos27102017 copiar

A Interne Educação, se antecipa e celebra a data incentivando o hábito da leitura para a construção de uma vida ainda mais preenchida de conhecimento e sucesso.


Como se sabe, quanto mais cedo se começa a ler, maiores são chances de se tornar um leitor assíduo, um ser mais informado e uma pessoa mais saudável. A Interne Educação aproveita a data para celebrar e, principalmente, estimular crianças, jovens e adultos ao hábito da leitura.

O Dia Nacional do Livro, comemorado domingo – 29 de outubro – nos leva a refletir sobre a importância deste objeto mágico na formação dos seres humanos. Pois através dele – o livro – nos torna mais sensíveis ao mundo e capazes de entender nossas próprias reações e atitudes.

Ele é muito mais que um objeto inanimado, muito pelo contrário, tem vida própria. Ao incentivarmos a leitura para uma criança, por exemplo, estamos automaticamente oferecendo a ela a animação de um desenvolvimento criativo, exploratório, crítico e muito participativo – um verdadeiro universo de aventuras.

A leitura frequente ajuda a criar familiaridade com o mundo da escrita, além de nos aproximar de culturas e pessoas. É um caminho que nos leva a desenvolver a imaginação, emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa.

É uma forma de ter acesso às informações e, com elas, buscar melhorias para você e para todos. Uma pessoa que adquiri mais conhecimento, consequentemente, está mais preparada para enfrentar as “mazelas” do mundo – seja elas sociais ou não – pois isso expande nossas referências.

Sobre o Dia Nacional do Livro: 

29 de outubro é celebrado, em todo o Brasil, o Dia Nacional do Livro. A data é uma homenagem à fundação da Biblioteca Nacional do Brasil em 1810. A Biblioteca fica na cidade do Rio de Janeiro e é considerada pela UNESCO uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e também a maior biblioteca da América Latina.

O núcleo original de seu poderoso acervo, calculado hoje em cerca de 9 milhões de itens, é a antiga livraria de D. José, organizada sob a inspiração de Diogo Barbosa Machado, Abade de Santo Adrião de Sever, para substituir a Livraria Real, cuja origem remontava às coleções de livros de D. João I e de seu filho D. Duarte, e que foi consumida pelo incêndio que se seguiu ao terremoto de Lisboa de 1º de novembro de 1755.

Agenda de Cursos